fbpx

Tratar do fígado gordo nos casos em que se diagnostica cirrose ou hepatite inclui repouso,  medicamentos e dieta.  (Nos casos mais graves, a cirurgia, fisioterapia e acompanhamento alimentar.)

Uma doença do fígado, manifesta-se com sintomas de dor abdominal, inchaço, olhos amarelados e alterações na coloração das fezes. Em alguns o cardo-mariano, pode resultar a planta medicinal tem propriedades anti-inflamatórias, adstringentes e antioxidantes.

Deve também procurar uma solução depurante e desintoxicante de modo a restabelecer a função celular do fígado.

Desintoxicar o fígado gordo.

Há uma serie de soluções disponíveis para a desintoxicação do fígado. Contudo as que apresentam resultados visíveis e mais rápidos são as de colocar emplastros no pé enquanto dorme.

Estão à venda em farmácias e espaços saúde e também na Internet. Prefira os que contêm Freetox porque são os que os especialistas prescrevem.

Esta solução é mais eficaz porque ao contrario dos comprimidos, cápsulas, xaropes e chás, porque não deixa resíduos no organismo. Não é ingerido, não interfere com outros medicamentos, não depende da função hepática ou dos intestinos para fazer a excreção. Isto porque funciona fora do corpo.

O fígado gordo não é irreversível, e com um tratamento desintoxicante pode restabelecer-se ao final de 4 a 8 semanas. Estes prazos dependem da quantidade de gordura presente no fígado e os hábitos alimentares enquanto o tratamento decorre.

A alimentação é um factor de importância para curar o fígado gordo, pois diminui a acumulação de células gordas no fígado.

O fígado é responsável pela maioria das funções metabólicas. Deve-se ter especial atenção para todos os potenciais problemas de saúde do fígado, e manter a vigilância nos sintomas.

Sinais de alarme.

O sinal mais conhecido é a icterícia, pela causa visível em que a pele se torna amarelada. Há no entanto outros que tendem a ser esquecidos, como a alteração da cor dos resíduos fecais e o cansaço. Os pruridos, comichão, escurecimento da urina, a conhecida barriga de agua são outros sintomas comuns.

Só as pessoas com hepatite, ou que acompanham de perto, tem um grande linha de conta as diferenças. A hepatite divide-se por tipo A, B, C, D, E, F e G. Sendo virais podem acontecer a qualquer momento.

Além destas, as doenças causadas pelo consumo excessivo de álcool, como a cirrose, doenças hepáticas tóxicas, insuficiência hepática, fibrose. Por questões culturais os homens são os maiores visados na medida em que são os que potencialmente ingerem mais bebidas alcoólicas. (cerveja ou bebidas destiladas)

Os casos mulheres com fígado gordo está a crescer devido à oferta de bebidas alcoólicas açucaradas ou composta por misturas exóticas. Todas estas têm altos teores de concentração de álcool e açucaradas prejudiciais para o fígado.

A seguir à pele o fígado é o segundo maior órgão do corpo. Desempenha funções na digestão, na gestão dos nutrientes, na separação de substâncias prejudiciais e na regulação da coagulação sanguínea. É portanto muito importante manter o fígado o menos gordo possível. Só desse modo evita-se a acumulação de gordura nas células do fígado, ou por outras palavras a esteatose hepática.

Noção do fígado gordo

São mais de 2 milhões de Portugueses, dos idosos às crianças, e muito devido ao aumento de casos de obesidade. Estima-se que 50% da população pode vir a sofrer de doenças graves por fígado gordo se não mudarem de comportamentos.

Os problemas do fígado gordo quase em exclusivo associados ao consumo de álcool. Todavia os casos de pessoas com fígado gordo que não consomem bebidas alcoólica cresce de dia para dia.

Estas cirroses não alcoólicas ocorrem normalmente em pessoas com excesso de peso, nos casos de obesidade. Também em pessoas com diabetes e nas que revelam aumento de colesterol e dos triglicéridos.

Emagrecer sim, mas com cuidado.

Outra circunstancia muito comum com as doenças do fígado gordo, estão relacionadas com a toma de medicamentos, doenças metabólicas genéticas. Tem aumentado o numero de mulheres com doenças do fígado devido aos comportamentos inadequados na perda de peso rápida. A nutrição artificial (batidos e comprimidos) ou os suplementos alimentares são uma causa também comum.

Olhe para o que vai comer. Depois pense que toda a gordura que vai ingerir desse alimento vai ser metabolizada no seu fígado. Não há como evitar os excessos serem armazenados no tecido adiposo, ou acumula-se no fígado e torna-se impossível de ser eliminado.

É muito importante desintoxicar o fígado com alguma frequência pois a acumulação de gordura não escolhe momento para acontecer. São sintomas silenciosos e não sente qualquer dor ou sinal de alarme.

Uma das curiosidades dos emplastros detox é que pode colocar no pé, e especificamente na zona que representa o fígado. Esta inovação é de facto surpreendente, porque apesar da dimensão do emplastro ocupar também o espaço de outros órgãos, pode ser a solução, isto porque com xaropes, chás e comprimidos não se direcciona o tratamento com tanta precisão.

Porque deve desintoxicar o fígado gordo.

Tenha atenção nas próximas frases, pois vão deixar a pensar na verdadeira importância da saúde do seu fígado.

O seu médico tem ferramentas de diagnóstico que lhe dizem com precisão a doença ou estado geral do seu fígado.

Mas o que o seu médico não tem, porque não há, é a cura definitiva.

Actualmente não existe nenhum tratamento em especial para o fígado gordo, nem nenhum medicamento que se considere eficaz.

Os médicos insistem na prevenção das doenças do fígado com desintoxicação, pois o fígado é o único órgão que se regenera. Mas deve ter auxilio de desintoxicação e alteração de hábitos alimentares.

As doenças do fígado gordo ainda são em grande maioria consideradas benignas. Contudo a margem está cada vez mais a ser reduzida por doenças malignas e irreversíveis.

Apesar do transplante de fígado ser uma  solução clínica já com provas de enorme sucesso, o pós operatório é doloroso. Após transplante obriga a medicamentos vitalícios para que o novo órgão não seja rejeitado.

Além disso é cada vez mais difícil encontrar dadores com fígado saudáveis e compatíveis. Para evitar a doença do fígado gordo passa pela prevenção, e dois pontos chave são a alimentação e a desintoxicação.


fixonskin detox


Mudar de hábitos

Dependendo da idade e condição física, o exercício físico é importante porque irá ajudar a “queimar” as gorduras.

Optar por adquirir os seus alimentos e confeccionar de forma saudável é uma solução muito inteligente. Deve trazer sempre consigo um lanche é mais barato e mais saudável.

Leve a sua comida e evite comer fora o mais possível.

Faça sessões de detox pelo menos 2 dias por semana. Prefira as que não tem de ingerir chás, xaropes e cápsulas.

Amostra de fixonskin